Para o dia das crianças

postado por Rafaé

Enfim a maturidade. Mas, ainda assim, uma maturidade não-tão-madura. É muito mais física do que emocional. No fundo, sempre carregamos as vontades e os sonhos infantis. Ainda acreditamos que o mocinho sempre se dá bem no final, dando um soco e quebrando o nariz do vilão, que insistirá em jurar vingança. Mas sabemos que o vilão no fundo é fraco. (É no que insistimos em acreditar).

Enfim. Sonhos infantis são leves de se carregar. Por isso nos permitimos com eles.  O perigo é quando os usamos como máscara para nossos erros mais grosseiros. Como é o violento erro de tentar reconstituir o passado em nosso presente, destruindo a calmaria que nos levaria a outro lugar.

Melhor? Pior?

Outro.

Mas independente de nossas falhas, sonhos e vontades, não podemos consertar as coisas já feitas. Podemos nos lamentar, pedir desculpas, dizer que blábláblá. Mas no fundo sabemos que “a explicação é um erro bem vestido”.

Por isso, meus jovens, dou-lhes todos os créditos para a vida. Gastem onde quiserem. Seja na montanha russa, túnel do terror ou algodão doce.

Feliz dia das crianças, pequenos.

3 Comentários

Arquivado em Sem categoria

3 Respostas para “Para o dia das crianças

  1. CaSco

    Tunel do Terror, eu manjo disso num carro sendo carona de um bebado!!

  2. Nada mais ingênuo e confortável para nós do que carregar pra sempre as aspirações infantis: de que podemos ser quem quisermos (astronauta. Pq sempre diabos um astronauta?) um dia, basta se esforçar; de que o bem sempre vai vencer e que um dia poderemos congelar pessoas, como o Sub-zero.

  3. vörös

    Obrigada, Tio!

    tá ótimo, penetra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s